Ame e dê vexame...




...foi isso que ela fez pelos 400 dias anteriores, e é isso que vai fazer pelos 400 próximos dias, e nem se quer sabe disso.
  Leu essa pequena "lei" pessoal em placas de caminhões velhos, em muros pichados com tinta barata e preta de baixo dos viadutos da cidade grande, foi isso que escreveu no seu caderno,foi isso que se lembrou pelo resto da vida... Mas mesmo assim não deu nenhuma importância, só se identificou com a frase de autor desconhecido e adotou como dela.

   Vexame, o inesperado, o idiota, o alto, o muito muito alto, o exagero, o risco, uma rosa doada por um mendigo sujo e fedorento e atolado em lixo e súplica, mas mesmo assim um ser humano, lindo e defeituoso como todos os outros ricos, cheirosos, tolos, atolados em lixo material e fast food's com súplicas pessoais de uma vida melhor, contraditória e egoísta assim mesmo como é...Que nem ao menos doam rosas para as pessoas que passam na rua...Falar alto e se desesperar, ser o exagero formado por células, ser quem for,  ser o mesmo a cada dia ou mudar constantemente, nada é definitivo nessa... Coisa... Todos iguais,querendo ser diferentes, como borboletas querendo ser joaninhas.Vocês tem apenas 24 horas.

Comentários