É calmo, é pleno.




  Eu desejo paz...
  Eu desejo o bem estar do meu sorriso no rosto todos os dias, eu desejo o riso fraco que eu consigo dar comigo mesma.
  Eu desejo paz, seja sozinha, seja contigo.
  Suas migalhas, incertezas e complicações cansam a você mesmo, cansam a mim, cansam a todos. É tudo tão mais simples. Ela está lá, ela te ama também meu menino.
   Eu desejo paz...
   Eu desejo a simplicidade, eu desejo o pôr e o nascer do sol, eu desejo uma rede de crochê e o carinho do meu cachorro, o canto dos passarinhos no fim de uma tarde quente, eu desejo o colo confortável e seguro de minha mãe, tão linda, tão simples, tão calma, tão serena, tão minha.
   Eu desejo o filme de madrugada, eu desejo coração manso, eu desejo o amor de verdade, o amor por inteiro, eu desejo aproveitar minha liberdade plena e calma que foi tão difícil de ser encontrada.
   Eu sou livre, é simples... é calmo... é sereno... Não tem problema nenhum aqui, só os que encontram para mim.
   A vida é linda, rir dos problemas é a melhor virtude que eu tenho.
   Nada aqui é pra sempre, nada é definitivo, nada é um problema, tudo se resolve e então surgem novos desafios.
   É  apenas simples, como a brisa da manhã.
   Junte-se, chegue mais perto, ria comigo, viva de verdade... Mas não me espere do mesmo jeito... nunca. 

Comentários

  1. Oi linda achei incrível todos os textos, realmente adorei.

    Sou nova aqui e ficaria muitíssimo feliz se você desse uma olhadinha no meu blog, se não puder tudo bem.
    http://umsonhoinacabavel.blogspot.com.br/

    Beijos fofa

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo texto!

    Beijos, Romário.
    www.naomeentendamal.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário