Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

O sanfoneiro, a bailarina e a estátua viva.

Imagem
Porque eu simplesmente acho que os melhores momentos das nossas vidas muitas vezes não podem ser capturados por lentes de câmeras fotográficas, eles acontecem de repente muito mais rápido do que a gente poderia imaginar, ficam  bem guardados na nossa memória como uma foto única e que só nós mesmos podemos enxergar, aquelas memórias que talvez a gente leve com a gente quando morrermos...
    Ontem foi um sábado comum, meu passarinho voou e eu chorei, mas prometi para mim e para ele que não iria me deixar ficar triste por um longo período, a vida é curta demais para sofrer ela inteira, e nós temos de ser fortes de todas as formas, então decidi sair, caminhar pela cidade, com meu pai, meu velho e bom amigo no qual eu não preciso falar nada só escutar.
    Venho por meio deste texto tentar fixar na minha memória um dia especial no qual eu realmente senti e vi coisas lindas serem maiores do que as coisas tristes desse mundo, um dia em que eu percebi que você pode não ter dinheiro nenhum…