Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

- Que tudo esteja bem.

Imagem
As vezes não é necessário falar muitas coisas diante de algum acontecimento triste, seguir em frente e pedir muita luz principalmente aos espíritos sem luz desse mundão é conforto suficiente pra alma, ter consciência de que  a vida continua e sim, sim está tudo bem.

Que Eu Esteja Numa Boa Que eu esteja numa boa, mesmo se não fizesse nada Que eu esteja numa boa, mesmo quando nada estivesse legal Que eu esteja numa boa, mesmo se ficasse e continuasse doente Que eu esteja numa boa, mesmo se engordasse 10 quilos
Que eu esteja bem, mesmo que estivesse falida Que eu esteja numa boa, se perder meu cabelo e minha juventude Que eu esteja disposta, mesmo não sendo mais a tal rainha Que eu esteja consciênte, mesmo não sendo sabe-tudo
Que eu esteja ativa, mesmo entorpecendo a mim mesma Que eu esteja numa boa, mesmo que a verdade fosse escondida de mim Que esteja ativa, mesmo quando estiver enfurecida Que eu esteja numa boa, mesmo sendo agarrada
Que eu esteja numa boa, mesmo se perdesse a sani…

Eu seria um girasol

Imagem
Vai, saí já da bolha segura e suspensa ao ar em que você se enfiou sozinho, não se limite, coisas ruins não seriam ruins se não existissem as boas.
   Conheça novas religiões, muitos pontos de vista, crie uma teoria, ou crie muitas teorias falhas ou não, tenha opinião, mude de opinião, não se limite a própria prisão imaginária, a imaginação não tem limites, a vida muito menos, e quando falarem para você "tudo tem um limite" desconfie.
   Não se renda, e se te fez mal busque o alivio como se estivesse em um deserto buscando água, mas não pare de sorrir, difícil não é ? Ninguém disse que viver uma aventura seria fácil.
   Minha tia me falou sobre a teoria das rosas, uma rosa com espinhos é delicada mas perigosa, se você chega nela com muita força ou brutalidade ela te machuca, se você chegar com delicadeza e carinho ela não vai te espetar, a única coisa a fazer e tomar cuidado e trata-la bem.
   Mas ela também me falou sobre os girassóis, sobre como elas são flores rebelde…

Decidi ter preguiça de tudo por algum tempo.

Imagem
Depois de alguns tropeços, e quedas, eu cansei de pensar, eu cansei de tentar encontrar um motivo pra tudo.
  Fiquei um tanto burra sim, talvez seja mesmo a solidão instantânea, daquelas que parecem vir em um pacotinho de tempero do miojo, que faça os pensamentos voarem para colorir o lugar dos sentimentos vazios.
  Decidi ter preguiça de criar teorias e belas poesias, que um dia eu leria de novo e me emocionaria com elas, aprendi que quem sai para viver não tem muito tempo de pensar o que é certo e o que é errado, ou de dizer coisas lindas todas as madrugadas, ao invés de pensar sobre elas eu decidi colocar todas as teorias e pensamentos um pouquinho na prática.
  Confesso que me fez bem, criar novas experiencias ao invés de apenas tê-las nos meus pensamentos.
   Estamos aqui para crescer, reproduzir e morrer, mas todos nós sabemos que é bem diferente quando se põe em pratica tudo isso. E pensar assim foi o que me fez pensar menos e viver mais.
  Conheci, ri, cansei, descansei, e…

Ouço pessoas rindo.

Imagem
Mais uma noite fria,e ainda que estamos na primavera... Como sempre não vejo a hora de chegar o tempo em que eu sinto o calor e como casquinhas de sorvete depois do expediente vendo os cachorros brincarem.
   Hoje é terça, dia de música no restaurante ao lado, músicas que eu nem consigo escutar direito, pra mim é mais um dos zumbidos nesse meu "silêncio", além dos barulhos dos brinquedos irritantes da playland que fazem as crianças chorarem por quererem sempre mais, do barulho de talheres batendo e cadeiras arrastando, a caneta sobre o papel, a minha respiração, e ao fundo - como sempre se prestarmos atenção - o barulho de pessoas rindo.
   Queria poder ler meu livro que há muito tempo está ali guardado e imaculado na minha bolsa, mas acordo cedo demais e o sono está me batendo forte, não tenho chances de tirar uma pequena soneca daquelas que nós tiramos meio escondidinhos e quando finalmente conseguimos fechar os olhos parece que entramos no nosso infinito particular. Os …